Notícias

04 jan Discurso de Posse do Vereador Edson Valban

Share

Senhor vereador que me antecedeu na Presidência, Raimundo Mendes Alves, senhoras e senhores vereadores, funcionários desta Casa, Prefeito do nosso município Paulo Emídio, representantes do Judiciário, Ministério Público Estadual, Secretários Municipais, Servidores Municipais, meus familiares, meus amigos, comerciantes, empresários, lideranças políticas, Presidentes de Partidos, autoridades religiosas, e aos demais presentes que compartilham comigo esse momento tão importante, etapa de muita alegria por ter a oportunidade de presidir esta honrosa Casa de Leis, recebam todos o meu boa noite especial.

Inicio desejando um FELIZ 2019! Que seja um ano de muitas realizações, paz, bênçãos, felicidades, saúde e sucesso a todos nós!

Não poderia começar de outra forma senão citando e parabenizando a contribuição de todos os presidentes que já estiveram à frente desta Casa Legislativa desde Poti Cavalcanti na década de 1960 até o Vereador Raimundo Mendes e demais componentes da Mesa Diretora anterior: Vereadora Valda Siqueira, Vereador Pastor Edimilson, Vereador Francimário Dantas (Chanxe) e Vereador Tarcísio Fernandes. Assim como eles, que deixaram suas marcas, peço a Deus que ilumine a mim e a nova Mesa Diretora também composta pelo: Vereador Pablo Rodrigo (1º Vice-Presidente), Vereadora Rayure Protásio (2ª Vice-Presidenta), Vereador Geraldo Veríssimo (1º Secretário) e  Vereadora Márcia Soares (2ª Secretária) para que possamos imprimir um modelo de gestão participativo juntamente com os demais colegas. Afinal, não se governa sozinho a Casa Legislativa da 4ª maior cidade do Rio Grande do Norte.

Aproveito para agradecer a cada um dos colegas vereadores a confiança depositada em mim para presidir e conduzir esta Casa, bem como, cada um que direta ou indiretamente contribuiu para que isso acontecesse.

Neste momento é com imensa satisfação que dirijo a todos palavras de prestígio e gratidão, mas em especial aos meus familiares.

Agradeço a minha mãe, Maria Sueli Tinoco de Oliveira, por ter estado sempre perto de mim, com seu jeito peculiar em nos educar sendo rígida nos momentos de correção, carinhosa em todos os outros e dedicada em sua busca por nos ensinar os valores humanos. Muito obrigado minha mãe! Agradeço a minha irmã, Elyzabeth Vânia Tinoco de Oliveira, por sempre torcer e me apoiar, independente da ocasião ou situação. À minha esposa Ana Paula que desde o primeiro momento quando aceitamos o desafio de disputar a eleição de 2004, ainda namorados, está comigo lutando e lutando muito para que sempre tenhamos êxito nessa difícil carreira política e na criação de nossa família. Às minhas filhas mais lindas e mais que especiais, ANAS (Cecília e Letícia), que tanto as amo. Meu muito obrigado por estarem sempre ao meu lado me apoiando, seja na nossa vida familiar, seja nas beiradas dos campos de futebol que tanto gosto de estar: eu orientando o Estrela nos jogos e vocês torcendo na beira do campo ou nas arquibancadas. Porém, peço antecipadamente minhas desculpas pela falta de tempo anunciada para vocês que talvez, na inocência da infância, ainda não perceberam que terão de dividir esse pai com mais de 100 mil habitantes. Enfim, agradeço a todos os meus familiares, tios, tias, primos e primas, por sempre torcerem e desejarem o melhor para mim.

Por fim, ao meu pai, Valdivan Tinoco. Como não citar este homem em minha jornada de vida? Com o seu jeito de amar, com sua vontade de vencer na vida, com sua resiliência, insistência em alcançar seus objetivos enfrentou todo tipo de dificuldade, mas venceu todas. Sua história é exemplo, não só para mim, mas para qualquer pessoa que deseja ser um vencedor, pois “desistir” é uma palavra que não existe em seu vocabulário. É um exemplo de pai, de correção, lealdade, seriedade, responsabilidade, Exemplo de homem público. Como não me sentir inspirado politicamente por ele? Foi Vereador integrante desta Casa de 1989 até 1992, dividindo a bancada com o Vereador Adelson Martins (que atualmente encontra-se em exercício), com Milton Siqueira (pai da Vereadora Valda Siqueira), com Clóvis Barbosa (pai do Vereador Clóvis Jr), com Clemilson Protásio (pai da Vereadora Rayure Protásio), foi Vice-Prefeito do nosso Município entre 1993-1996, secretário municipal titular por 12 anos seguidos de 1997 até 2008 e desde 2013 atua como secretário adjunto. Lembro-me do dia quando meu pai resolveu que eu iria ser candidato na eleição de 2004. Cheguei em casa do trabalho e lá estava ele com toda a campanha projetada na cabeça. Foram dias difíceis para ele convencer um jovem engenheiro cheio de sonhos profissionais a entrar na vida pública. Mas como já havia dito sobre “seu Valdivan”: este nunca desiste de seus objetivos. Foi audacioso, corajoso e até chamado de louco por muitos ao lançar candidatos a vereadores: seu filho, o jovem sonhador, como também Cléa Varela, sua companheira. Ela tentava a reeleição para seu quinto mandato, enquanto eu o primeiro. Quase conseguiu o feito de eleger os dois moradores da mesma casa. Cheguei a assumir o mandato como suplente por 2 anos e 4 meses disputando as candidaturas de 2008, 2012 e 2016, sendo eleito em todas. Muito obrigado por tudo meu pai!

Hoje, já com certa experiência, entendo que as grandes oportunidades na vida de um homem público geralmente são acompanhadas de responsabilidades de mesma proporção. Talvez por isso o estadista britânico Winston Churchill afirmou que “O político precisa ter a habilidade de prever o que vai acontecer amanhã, semana que vem, mês que vem, ano que vem. E a habilidade de explicar porque não aconteceu.”. É uma vida de prestação de contas e de porquês.

Por essa razão precisarei contar com a compreensão de todos quanto às limitações que temos enfrentado diante do momento de dificuldades que o Brasil vive o que não se mostra diferente da nossa realidade são-gonçalense. Refiro-me ao momento cada vez mais desafiador de fazer mais com menos. Até mesmo porque nossa gestão inicia-se com uma queda no valor do duodécimo em aproximadamente 25% nos 3 últimos anos. Devido a crise financeira que nos assola desde 2014, vários estados e municípios tem visto seu desenvolvimento desacelerar ou até mesmo desaparecer. Graças a Deus ainda não chegamos em situação tão delicada e por isso precisamos tomar sempre decisões sensatas para continuar contribuindo com o cronograma de desenvolvimento social e econômico do nosso Município.

Somado a redução do repasse, haverá a implantação de um modelo de gestão que busca maior eficiência com a adoção do sistema de comunicação eletrônica do Governo Federal, conhecido como e-Social. Agora todas as operações trabalhistas serão reportadas por meio de um sistema online. A Câmara deixará de utilizar um modelo próprio de pagamento de salários, passando a utilizar a plataforma nacional e unificada e por conta disso. Essa mudança resultará em redução da burocracia e retrabalho, contudo exigirá uma adequação (diminuição) na ocupação dos cargos. Em troca a administração pública ganha com processos mais simplificados e o cidadão com a transparência do bem público. Entretanto temos a consciência que tudo que é novo é desafiador e muitas vezes causam transtornos, desconfianças e resistências.

Com esse cenário exposto, precisaremos de muita paciência, prudência, inteligência, habilidade, e, talvez o mais importante, a compreensão dos nobres colegas vereadores, funcionários e sociedade São-gonçalense, uma vez que para a implantação desse novo sistema, são necessários vários ajustes nos processos administrativos e com pessoal.

Trabalharemos para continuar nutrindo, através de ações legislativas nossa raiz histórica e cultural valorizando nosso Coco de Roda, o Boi Calemba, os romances de Dona Militana ou ainda defendendo a cultura da argila com o nosso Galo Branco e demais manifestações culturais.

Manteremos nosso trabalho de descoberta de talentos no esporte amador com os campeonatos que apoiamos ou promovemos com destaque para a Copa Valdivan Tinoco de Futebol Amador da Zona Rural. Aumentaremos os incentivos ao esporte e outras modalidades esportivas além do Futebol, como Handebol e o Handebol de Areia a partir da elaboração de emendas ao orçamento municipal destinadas para construção de mais praças esportivas e conclusão das que estão em construção.

Temos que participar das discussões para o incentivo, desenvolvimento econômico e aproveitamento sustentável das terras produtivas ao longo do Rio Potengi. Nosso objetivo com isso é fixar nossos jovens e amigos nas comunidades rurais que abandonam a agricultura e a pecuária local para se aventurar no chamado “trecho” (construção civil em outras cidades e estados), deixando para trás suas famílias e força de trabalho na produção de riquezas em nosso Município.

Também concentraremos esforços na área de infraestrutura, especificamente na resolução da falta de cobertura de sinal de celular na Zona Rural do município que é vizinha a um dos maiores aeroportos da América Latina, não podemos admitir ficarmos ilhados sem esse serviço tão importante nos dias de hoje. Para isso contamos com o engajamento das nossas forças políticas a nível federal, nossa Senadora Zenaide Maia e do Deputado João Maia, pois com suas intermediações tal problemática pode ser resolvida na Anatel e no Ministério das Telecomunicações, em Brasília.

Por fim, não podemos esquecer-nos do assunto saneamento básico. Tema sempre atual e necessário para todos os cidadãos do mundo. Precisamos inserir o Legislativo nessa discussão. Hoje, com a falta de recursos públicos, que é uma realidade nacional e com a inserção do setor privado nessa área precisamos nos antecipar e participar dessa nova conjuntura. Somos a quarta economia estadual, temos um dos maiores aeroportos da América Latina e vetor de desenvolvimento econômico, e nesse cenário as maiores empresas mundiais que podem vir se instalar no nosso município sempre impõe a condição da existência de coleta e tratamento de esgoto nas sedes onde se instalam. Além de proporcionar economia com tratamentos curativos na área da saúde, as obras de instalação de um sistema de coleta e tratamento de esgoto favorecem a geração de empregos diretos e indiretos para os moradores da nossa cidade, empregos que são o sonho dos pais de família são-gonçalenses. A participação do Legislativo se dará pela realização de audiências públicas tanto para que os cidadãos saibam como é fundamental esse tipo de parceria quanto para que os órgãos de fiscalização e controle reconheçam tratar-se de uma realidade mundial, nacional e regional.

Meus colegas, o desafio está feito. Como nunca me faltou disposição em trabalhar pela minha terra, convido a todos para nos unir ainda mais na busca de um parlamento melhor. União esta que independe de posicionamento ideológico, afinal basta que estejamos abertos para caminhar na mesma direção buscando o fortalecimento e a credibilidade do Legislativo, sempre respeitando a harmonia e a independência dos poderes constituídos.

Quero mais uma vez desejar um feliz ano de 2019. Mas chega de palavras, afinal não se trata de um discurso para mim, e sim, para o povo. Por isso começarei a arregaçar as mangas e lutarei para dar o meu melhor à frente desta presidência e espero, assim, honrar a confiança depositada em nossa gestão. Por isso avante São Gonçalo do Amarante! Uma boa noite, obrigado a todos e um beijo no coração!

replyVoltar