Notícias

02 jan Leia na íntegra o Discurso de Posse do Presidente da Câmara reeleito Raimundo Mendes

Share

Excelentíssimo Senhor Paulo Emídio de Medeiros Prefeito eleito de São Gonçalo do Amarante.

Colegas vereadores, aqui presentes!

Demais autoridades,

Minhas Senhoras, Meus Senhores.

É com muita emoção e reconhecimento, que inicio as minhas palavras com um sincero, OBRIGADO.

OBRIGADO inicialmente a Deus que me deu saúde, serenidade e determinação para nunca desistir, aos meus amigos e eleitores que estão nos dando à satisfação de sua presença, nesse momento tão impar para minha vida política, eleitores esses que me deram a oportunidade de ocupar uma cadeira nessa Câmara, pela sexta vez.

OBRIGADO, a minha família: especialmente a minha Esposa, Rosa e meus filhos, pelo apoio e carinho que têm me dado até o presente.

Sinto-me extremamente honrado com o carinho e a credibilidade que meus colegas vereadores externaram através da escolha de minha pessoa para continuar presidindo esse poder Legislativo.

Prefeito Paulo Emidio, a poetisa Adélia Prado disse em um de seus textos:

“Eu, se fosse governo, subia num tamborete, batia palmas e gritava bem alto pra todo mundo escutar. Quando todo mundo ficasse quieto para ouvir, eu diria que programa administrativo não é Deus, é o tipo de coisa que só funciona com muita ajuda. Não ia faria nada sozinho, porque não sou bobo. Conferiria numa assembleia que não iria ter recesso enquanto não me dissessem, por escrito, quantos meninos sem escola, quantos pais de família sem emprego, quantos homens e mulheres que fossem amarelos, sem dentes, sem saúde, sem alegria. Quando estivesse tudo isto no papel daria meia hora de descanso e iria de novo presidir até eles arranjarem um jeito de acabar com esta tristeza”.

Permitam-me, propor para todos nos fazermos uma reflexão e trilharmos pelos caminhos da grande filósofa, senão com a mesma destreza, pelo menos com a intenção de deixar registrada a expressão para esta casa Legislativa, neste momento, particularmente de tensa e polêmica na vida político-institucional do país.

E por que é tenso e polêmico o momento que estamos atravessando?

Entendo que pela razão de estarmos na iminência de abrirmos um ciclo de mudanças fundamentais para o revigoramento de nossas instituições. E também, porque forças do atraso teimam em querer segurar a dinâmica do tempo, como se isso fosse possível e, por conseguinte, perpetuar o estado das velhas práticas, de uma ordem política compromissada com o passado.

Não é de se estranhar que estejamos vivenciando, de maneira intensa na área política, o entrechoque de grupos antagônicos.

Quero neste momento esclarecer que, as divergências de opiniões, são saudáveis em qualquer parlamento. Mas, tenho a certeza de que todos, independentes de partido ou ideologia, vão trabalhar sempre pelo interesse da nossa sociedade, na busca da educação, da saúde, da segurança, do desenvolvimento econômico, da justiça social, da capacitação profissional e de novos empregos para o nosso povo.

Confirmo também, meus amigos, que este parlamento, embora seja um poder INDEPENDENTE, vai procurar manter um relacionamento harmônico com o Executivo.

A sociedade, pela vontade de sua maioria, pela arregimentação de suas entidades civis, pela força expressiva de figuras ilustres e de comportamento ilibado, tem sinalizado no sentido da modernização institucional-política, cujos eixos repousam numa base moral e ética.

Tenham a certeza e confiança de que faremos o que estiver ao nosso alcance para que possa reinar em nosso meio o princípio da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.

Sabemos que o equilíbrio de uma administração em prol do bem comum passa pela soberania de cada poder e a Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, saberá dignificar e preservar a sua missão. Seremos parceiros sim, Legislativo e Executivo, mas, independentes.

Nesta oportunidade quero dirigir meus agradecimentos especiais ao nosso, hoje, ex-prefeito Jaime Calado Pereira dos Santos, a Sua Excelência e aos seus colaboradores deixo minha palavra de reconhecimento por uma gestão proativa e que será o divisor de águas na historia desse município, deixando um legado para ser seguido pela nova gestão.

Sei que não é uma despedida e sim uma mudança apenas de gestor, porém o azimute do desenvolvimento seguirá no mesmo rumo e com a colaboração desse grande gestor Jaime Calado, que agora será um colaborador entusiasmado pelo sucesso da nova gestão. Quero desejar muito sucesso, na continuação desta nova jornada, onde também me prontifico a ser um parceiro e colaborador para a continuidade do desenvolvimento de nosso Município e do nosso povo.

Ao novo prefeito, Paulo Emídio, “Paulinho”, desejo que possamos fazer cumprir com os compromisso de campanha e dar continuidade a essa grande gestão Jaime Calado, afinal de conta, os Senhores vêm tendo uma grande e importante missão e continuarão com ela pela frente, que vai interferir positivamente na vida de cada cidadão São-gonçalense.

Como Presidente, quero dizer a todos os funcionários que integram o quadro deste poder legislativo e os da Prefeitura Municipal, a quem me conhecem há bastante tempo, que reconhecemos que todo o trabalho feito até hoje neste poder e, no âmbito do município não seria possível sem a colaboração e o zelo de cada um de vocês, pessoas sérias, competentes, comprometidas com o trabalho e que só honram as suas funções, embora nem sempre reconhecidas, pela população e até mesmo por alguns governantes. Tenham certeza, que vocês encontrarão aqui nesta casa o nosso apoio e de todos os colegas vereadores para o reconhecimento de seus direitos e valorização de suas profissões.

Senhoras e Senhores, Senhores Vereadores, Senhor Prefeito, Prezados amigos e amigas:

No exercício da vida pública, sempre que possível, tenho procurado observar um provérbio que diz: “FALE MUITO DAS COISAS, POUCO DE SI E NADA DOS OUTROS”. Neste momento tão honroso e significativo de minha vida permitam-me que não fale de mim, pois todos sabem das dificuldades que enfrentei na vida para poder galgar um espaço, deixo isso para o tempo e a história.

Neste momento, trago o pensamento do escritor Patrício Plínio Salgado, que proferiu o seguinte:
“Se és incapaz de sonhar, nasceste velho; se teus sonhos te impedem de agir seguindo a realidade, nasceste inútil; porém se sabes transformar sonhos em realidade, e a realidade dos teus sonhos na luz do teu coração, então serás grande em tua Pátria, e tua Pátria será grande em ti”.

Dentro dessa visão, acreditando que venho fazendo a minha parte nesta egrégia casa legislativa, rogando a Deus a divina proteção, para que também possa continuar cumprindo essa missão e executando-a com coragem, dignidade e eficiência.

Para concluir, deixo aqui as sábias palavras do pintor PABLO PICASSO, que disse: “O QUE JÁ FIZ NÃO INTERESSA. SÓ PENSO NO QUE AINDA NÃO FIZ”. É assim que me sinto hoje, para enfrentar os próximos desafios.

Muito Obrigado!
Raimundo Mendes Alves.

replyVoltar